23 de out de 2008

Brasil...

Aqui estou, pra falar das minhas ferias no Brasil... (post amoroso sera o proximo)

Semana anterior: Eu ate estava dormindo bem, tive uma semana sossegada com as criancas, cheias de playdates pra desestressar. MInha host que todos sabem como eh, veio no meu quarto antes de eu sair pra me dar $100 dolares pra viajar. Ela ja tinha feito isso quando fui pro Caribe. E olha, santo dinheiro heim...

Hora de partir: Chorei feito manteiga derretida de ter que deixar o Greg por 11 dias. Ridicula, eu sei. Retardada eu diria, mas eh que ele tava tao tristinho, tao abatido, ele tava feliz por mim que eu ia ver minha familia, ele q acha familia tao importante, so tava triste que nao iamos nos ver por esse tempo. E eu tinha medo dele me esquecer nesse periodo.. hahha

Check in: Prestei bastante atencao no check in, no negocio das malas... nao queria pagar neh?
Duas dicas: Quando forem para o Brasil de viagem de ferias meninas, procurem comprar os tickets direto pro destino final. No meu caso, Curitiba. Pq? Eu levei duas malas enormes, com varias lembrancinhas, entao foi pesada. Se eu tivesse comprado Washington pra Sao Paulo e depois (separadamente) SP para Ctba eles iam me cobrar o peso das malas por ser viagem Nacional. Com minha amiga aconteceu isso e ela teve que pagar 200 reais de excesso la.. Imagina quanta coisa nao da pra comer com 200 la? kkk

Essa mesma amiga, Sabrina, no dia que foi viajar me ligou desesperada pq estavam querendo retirar o documento I-94 do passaporte dela. Todas temos. Ai ela ligou, eu na internet fucando sobre isso, falei pra ela ficar tranquila, que era procedimento normal, que na verdade eles TEM OBRIGACAO de fazer isso pq eh o documento que comprova que vc ta saindo e nao esta ILEGAL no pais. Quando vc volta, tem que assinar outro.
Ai entao, eu ja sabia disso... e nao eh que esqueci? Nao eh que simplesmente na hora do chororo, dando tchau pro Greg a cada passo, EU ESQUECI? Mentira, eu nao... pq a responsabilidade na verdade eh da companhia area de tirar... mas eu poderia ter conferido neh cabecao...entao quando estava dentro do aviao ja, tinha tomado meu remedinho pra dormir quando ouvi eles dizendo algo sobre documentos... ai ja era tarde pra lembrar. Olhei pro cara q tava atras, ja sabia q era brasileiro, perguntei E AGORA JOSE? hahah perguntei pro da frente tb q me disse que isso ja aconteceu com ele, so que 6 anos atras entao ele nao sabia o que me dizer... So me aconselhou o seguinte, ja que ja foi, vai pro Brasil aproveita la, nao fica pensando nisso e quando vc voltar voce ve no que da. Ai tratei de me acalmar neh.

A Chegada:
Eu tava me chacoalhando toda de nervoso no aviao ja... na descida em Ctba parecia uma eternidade. Eu pensei em pegar minhas malas primeiro mas nao tive como, tive que ir direto pro banheiro pq tava passando mal de dor de barriga (de nervoso). Peguei as malas, pensei em ligar a camera pra filmar a minha propria chegada, quando foi tarde. Eu mal sai daquela parte, ouvi gritos... minhas primas saindo correndo. So que elas correram ate mim e nao me abracaram, ergueram as diversas faixas e cartazes que tinham feito pra mim, mas nessa hora meu irmao (que cresceu horrores em 9 meses) me abracava e chorava tadinho, ele tem 10 anos. Chorava, ai foi emocao pura, minha mae, meu pai, minha madrasta, primas, primo, tia e voh. Mas como cheguei num horario de trabalho, elas ja tiveram que ir embora... e eu fui pra casa com a mae.

No caminho pra casa, transito pesado, ruas diferentes, quem nao acostuma com coisa boa? Os Eua nessa parte eh lindo, nao tem nada fora do quadrado. No meu quarto tinha alguns presentes que minha mae me deu, e mais cartazes por toooodo lugar q ela e meu irmao fizeram. Jantei meu pedido especial que fiz aqui no ultimo post antes de ir. Foi bem gostoso.

Nao vou mentir... nos primeiros 3 dias foi meio que um choque, eu olhava pra tudo aquilo e pensava, ainda gosto mais de la. Mesmo sendo au pair, minha vida aqui eh melhor que a de la era. Nao tinha carro no Brasil, dependia de onibus pra tudo. Nao fazia academia, nao tinha como viajar como aqui. Ai vc fala, ah mas voce tem isso pq eh au pair, mas como digo, a gente se acostuma com coisa boa e vou lutar pra ter tudo isso mesmo sem ser au pair.
Mas o que pesou mesmo foi minha familia.
Familia quando eh grande demais, tem mtos problemas, a minha entao ta se superando...tinha horas que eu pensava estar dentro de uma novela mexicana e ficava procurando pela camera... nao digo familia mae, pai e irmaos. Mas tios mesmo, primos... todo mundo brigando com todo mundo... Eh dificil. Tinha horas que me perguntava. Pra que quero ficar aqui? Estando la pelo menos todo mundo tem saudade de mim, eu nao vejo o que acontece e nao me envolvo. Mas tive um bom tempo com eles pq eu falo com todo mundo. Mas enfim...

Os dias foram passando... Como fui em epoca que todo mundo trabalha la, foi impossivel nao ficar na internet. (nao postei de preguicosa mesmo)... Fiquei na internet mto tempo, alem do que, tinha que falar como Greg aqui. Teve uma noite que me toquei do mal que tava fazendo pq eu ficava na internet enquanto a mae tava trabalhando, mas quando ela tava em casa, acabava que ficava um pouco tambem... ai nessa noite ela veio me trazer uma camisola pra dormir pq tava mto quente, e eu nao lembro se cheguei a agradecer ou nao. Quando vi ela ja tinha ido dormir, ai bateu um peso na consciencia. Chamei ela, abracei, chorei... meu, quando que vou ter outra oportunidade de abracar minha mae assim quando eu bem quero? (Oh eu chorando aqui so pra escrever isso)... Familia eh mto importante, mto mesmo. Depois disso tratei de passar mais tempo com ela e deixar pra ficar na internet quando ela fosse dormir.
Brinquei mtooo com o meu cachorro e acho que foi com ele que passei a maior parte do tempo =[
mas valeu a pena, valeu mtoooo a pena ter ido, ter desistido de ir pra Disney pra rever minha familia, repor as energias e ...
principalmente pra ter a certeza que o Brasil nao eh o lugar que eu quero morar mais... Por enquanto eu nao posso escolher isso, decidir, mas se eu puder lutar, vou lutar pra ficar aqui, estudar, ter minha casa, trabalhar, casar (pq nao?)
E Brasil? So nas ferias... uma vez por ano eu vou, passo otimos momentos, assim como das ferias, e eles vem pra ca me ver tb... SONHO...

Comida: Ahhh, claro que tinha que ter um topico de comida aqui nehhh... hahah
Comi, comi, comi, comi, comi... recuperei os 5 kg que eu tinha perdido com certeza.. mas o minha cara de preocupada =]
hahaha, nem um pouco, tinha dias que nem tava mais com fome, mas eu repetia so pra ter o prazer de comer aquela comida... quem tem meu orkut ja viu as fotos neh? Pastel, pizza, batata recheada, churrasco, pudins, maionese, nossa foi tanta coisa que ja nem lembro. Ja sinto uma falta que pelamor..

Surpresa: Dias antes de ir pro BR liguei pro meu pai pra contar a novidade e eu que acabei sendo surpreendida... POis bem, ele ficou sabendo agora, assim como todo mundo que tem mais uma filha. E a minha nova irma, tem "apenas" 19 anos... PASMEM. Meu pai separou da minha mae eu nao tinha nem 2 anos, e ele tambem nao estava com a minha madrasta. Pois entao. No ultimo domingo, antes de ir embora tivemos um almoco em familia pra conhecer ela. ha...

Despedida: Como eu deixei bem claro (tava nitido) que nao tinha vontade de voltar, ninguem quis ir no aeroporto me dar tchau, pra nao ser tao dificil pra eles. (Foi o que disseram) entao a maioria das pessoas eu dei tchau assim, no domingo a tarde, depois do almoco de domingo, todo mundo feliz, nao foi aquelaaaaa tristeza.
Na segunda, foi triste pra minha mae, meu irmao... Foram eles que foram pro aeroporto e SO pq tinham que me dirigir tb, eu preferia ter ido sozinha, eh menos dificil. Minha prima Andressa querida tb foi. Ai foi so eles, ficamos conversando antes de eu entrar na sala de embarque, me despedi 3 minutos antes... entao nao foi aqueeeeeeeeeeela choradeira tb. Foi menos pior que na primeira vez. Acho que se tivesse mta gente, eu ia comecar a me despedir 15 min antes, ai era mto tempo pra chorar... 3 min foi suficiente. Entrei na sala de embarque chorando, quando ouvi meu nome dizendo que era minha ultima chance de entrar no aviao... ultima chamada... ai quase chorei de nervoso... Sai correndo. Tudo certo...

Alfandega: Pois entao... ainda no Rio ao fazer o check in vi na mao de outro passageiro os documentos para serem preenchidos de novo. E adivinha? Esqueceram do meu, SORTE q vi na mao do cara... pedi, preenchi no aviao e fiquei tranquila, tenho meu visto ainda, eles nao iam me barrar por causa da porcaria do documento. Mas lembram que quando eu fui pro Caribe eu tive problema pq tava faltando um carimbo? Ai fiquei com medinho...
Cheguei aqui, segui as linhas, foi minha vez...
Gente, peguei o homem mais mal educado do lugar eu acho.. Dei aquele belo bom dia, e ele falou alguma coisa com um ingles pra dentro que foi o O... nao entendi, pedi pra repetir, ja repete daquele jeito mal educado...bom pra resumir, tudo que ele falava eu respondia coisa nada a ver, ai ele olhava pra mim serio, nao moca, eu sei disso, to perguntando isso... nao, eu perguntei isso..
AFF... sobre o documento, esperei ele falar, ele disse: ta vendo esse documento aqui? tem que deixar no pais quando sair... ai eu respondi: ahhh eh, eles esqueceram... e ele: e vc esqueceu tambem... Ai foi isso... pensei que tinha acabado. Afinal fui pegar as malas.

SAbendo-se q trouxe 13 pacotes de trakinas... ouve essa...
Entreguei meu papel da alfandega dizendo que nao tava trazendo nada de valor, o homem olha pra minha cara e me manda pra uma outra fila. Eh aleatorio... algumas pessoas passam, outras noa. Se ele dissesse ok, eu taria livre. Mas nao, tive que ir pro detector de comidas. Logo do que? Fui pra area de agricultura... sei la o que..
Ai entreguei o papel pra mulherzinha, coloquei as malas no treco e ela me perguntou: Ta trazendo comida? Eu na maior cara de pau respondi que nao... Se eles vissem eu ia dizer que nao tinha entendido a pergunta... mas nao tive a coragem de dizer sobre minhas trakinas que mamis e vovoh compraram pra mim....
Ai a mala ja tinha ido... dei a volta pra pegar do outro lado, torci pro cara nao levantar vir falar comigo, mas adivinha??????
ELE VEIO.
Ahhhhhhhhhhh...PANICO. Pq menti neh...

Ai ele, como eh possivel vc ter tantos sabonetes na sua mala? HAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHHAHAAHA
senti um alivio... UFA... minha comida nao, pega meus sabonetes mas nao tira minhas trakinas... kkk
Ai expliquei que ganhei 4 caixas de sabonete das minhas tias e que em cada caixa vem mais um mte dentro...resumindo, tinha uns 20. Ai ele so perguntou...como podia... e riu, e foi sentar.. peguei minhas malas e sai dali rapidinho...

Recepcao: Sai a procura do Greg e nada... arghhhhh..liguei arretada ja.... ele tava dentro do carro na saida e desceu me pegar... por uns momentos o mundo parou... ele me abracou, me pegou no colo... Pegou minhas duas malas na mao como se fossem pacote de feijao... (homem forte eh outra coisa neh), entrei no carro, um buque de rosas vermelhas lindo com um cartao mais lindo ainda que eu tenho que compartilhar com vcs...
O cartao dizia: Just a note to say I love you, and by the time you finish reading this, I will love you even more. (Ai abre o cartao) and... MORE! And, hold on a minute... MORE!
Ai ele escreveu: Fer, I dont think you understand how much I missed you. I'm so glad to have met you and so glad to have you in my life. My heart is so happy with you baby. Welcome back. I love you, Gregory.

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH parte 2... sem comentarios neh...me derreti.
Mas pra variar nao sei cuidar de flores, nem na agua coloco pq nao tem jeito. So espero morrer, guardo uma rosa dentro de um livro e guardo bem guardado o cartao.

E foi isso... minha host mandou um e-mail dizendo que nao se sentia confortavel que eu dirigisse as criancas depois de uma noite mal dormida no aviao e que os pais dela iam pegar minhas criancas e trazer pra casa. Claro qeu eles nao trouxeram e eu pude dormir, quando eles chegaram ja era quase 5 horas da tarde. Me abracaram... foi gostoso.
E eh isso...

Alguem leu ate aqui? Entao... beijosssssssss!

PS: Mae, Lucas, Pai, Marcella, Avos, tios, primos, primas, FAMILIA, AMIGOS, amo vcs! Eu so nao estou ai mais, e vai demorar pelo menos um ano e dois meses pra nos vermos de novo. Sinto muita saudade. MTA, MTA... mas vamos nos falando por msn, telefone, web cam, ate o dia de nos encontrarmos de novo.
Que Deus abencoe todos voces!

13 comentários:

Michelle disse...

Ameeeeeeeeeei o post!
Que bom que vc pode rever a sua familia, fico feliz por vc e que vc tenha suas energias renovadas agora!
Ah nem preciso dizer que amei o cartao que o Greg te deu!
muito show!
Vc tem sorte por ter alguem que gosta tanto assim de vc!
bjs

Rafaela disse...

Eu li tudinho!!! Obrigada por dizer que voce chegou aqui e pediu para eu entrar no seu email e ler o email da sua host, tah? Hahaha... brincadeira...
Eh, diferente suas impressoes da minha, quem sabe nao muda em breve? Hahaha...
Meu, vc trouxe SOH 13 trakinas... eu trouxe menos, 10! Mas trouxe: pacotes de pacoca, sonho de valsa, dadinho, guardachuvinha, bala de caramelo e maria-mole! Eu estaria F****** se me parassem! Ufa... Ah, o meu cara da alfandega foi bem mais legal! Hahaha...
Beeeeeeeijo...
Lov U Robina Hood! =P

Jornalista_pocket disse...

Fer,

Muito bacana esse post... e esse Greg é um fofo, hein?? Não vejo a hora de ler como vcs se conheceram...
Bjs

Marcinha disse...

ainnn Fer,que lindo tudo!

Que bom que vc está feliz..
Acho que vc não imaginava o rumo que sua vida ia tomar quando foi ser au pair ne?!
Que bom que vc teve e tem experiências boas para compartilhar!

Ahh,e não esquece do "post amoroso"
que todas nós estamos ansiosas,CAPRICHAAA!!~
e Fer,não demoraaaa!!É mt bom ler seu blog!

boa sorte sempre ,
bjO

elidsa disse...

Eu li tudinho tbm!!!
Amei o post maravilhoso,ficar nove meses longe da família e depois rever deve ser com certeza maravilhoso e revigorante!
Menina esse Greg é romântico hein,adorei o cartão lindo demais,você tem sorte por ter um homem que te ame tanto,parabéns!
To curiosa pra saber como vocês se conheceram!

Beiijos!!!

Dai disse...

Fer, gostie muito que vc escreveu. Lindo o cartão do namorado, tô ansiosa esperando o p´roximo post! E tmb torcendo pra vc conseguir uma family pertinho daí.
Bjs, take care!

Tati disse...

ahhhhhhhhhhhhhhhhh que gostosoooooo!!!!!

adorei o post ^^

Letícia disse...

ai que delicia ... li tudinho ... ai que saudade me deu da minha familia .... nossa quando li a parte do Greg ... fiz ate a cara do gatinho de Shrek de tao lindo que achei ... fofo demais ... bom retorno e boa sorte na busca de sua nova host family .... bjus

Joana Futura - Au pair disse...

Adorei o post.
Realmente entendo o sentimento que vc tem sobre o Brasil.
Eu tbm não espero ter que voltar e erguer uma vida aki denovo.
Se tiver a mesma sorte que vc, arrumar um namo lindo e fofo...quem sabe nao fico por ai tbm.
é meu grande sonho...
e ir como au pair vai me abrir mtas portas...
assim espero.

MTA SORTE,
aguardo a historia sua e do greg...

bjos

Ligia disse...

oi!!! adorei o post e ñ consegui prar deler, qd acabou fiquei querendo +, ri muito com o a saga das 13 trakinas!!!mas que bom que deu tudo certo!!o cartão é super fofis!!!
bjaum e fk com Deus!

Paula disse...

hahaha socializa as trakinas ai!!! rs
Bjao

Pri disse...

oi fer como vc tah?
li tudo o post...
boa sorte com tudo
e até um dia....

Gre disse...

Muito legal..seus "megas" posts... qdo eu for...acho que serão assim também...

Muitas felicidades nessa suas escolhas!

Um beijãO
e estarei acompanhando.. mto legal teus posts... adoro quem escreve assim.. faz todo um cenário...ficamos aqui só a imaginar ehhehe

Ta add no "Blogs q leio"

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...