25 de out de 2007

O tempo não pára...

Gente,
como eu queria passar aqui e dizer que ja arrumei uma família... mas ainda não! Infelizmente...
Não quero dar detalhes agora, pq fico mais desanimada...

Mas hj, excepcionalmente, não estou tão triste... ja chorei ontem, hoje to mais susse...
Tenho olhado mto o processo nos blogs, assim como tem au pair que demora uma semana pra fechar com uma família, tem au pair que demora 3 meses...
O IMPORTANTE É QUE MINHA HORA VAI CHEGAR!!! SE DEUS QUISER!!!

Adoro os comentários que recebo aqui... Valeu =)

"Às vezes tudo dá errado, aí acontecem coisas maravilhosas que jamais aconteceriam se tudo tivesse dado certo..."



Nesta vida passamos por sofrimentos e provas, mas o importante é não perder a visão de que "tudo corre para o bem dos que amam a Deus".

Se fecharmos o nosso coração quando o sofrimento bater à nossa porta, e nos revoltarmos com Deus, não perceberemos as suas visitas, e nem o que Ele quer nos falar.

Se olharmos com esta ótica, de que o sofrimento nos amadurece na fé e nos leva a Deus e aos irmãos, faremos sempre o ato de vontade de amar, mesmo em meio às lutas e provas do dia-a-dia.
Não podemos reger a nossa vida pelo que nos acontece, mas pela Palavra, que nos ensina que Deus conhece todas as coisas e sabe o que é melhor para nós.
Vivamos, hoje, o abandono na vontade de Deus, permitindo que Ele seja o Senhor da nossa vida.
Jesus, eu confio em vós!
(Tirei do blog da Raquel)http://www.raquelrib12.blogspot.com/

19 de out de 2007

1000


Tudo bem que a maioria das visitas foram minhas (kkk), mas eu tenho feito muitas colegas au pairs aqui!!!
Adoro esse contato...

Beijossss

PS: Teve alguém q me perguntou como põe contador... eu respondo amanhã

AH, VOLTO COM NOVIDADES EM BREVE!

Fer

15 de out de 2007

Ois

Oi genti
meninas que deixaram recado...
seguinte:

Patty- Boa sorte - mesma agencia, vc ficou on 4 dias depois que eu...
Dei uma lida no seu blog, gostei.. vou add nos favoritos e depois linko ele aqui...

Dy - Eu não sou muito expert no GAP, confesso que demorei pra usa-lo... mas assim... SE tiver uma família que vc goste lá e eles forem da mesma agencia que você não tem porque não dar certo...
SAbe, pra mim o bom do GAP é que eu treino meu ingles, recebo e-mails das famílias... mas normalmente a conversa acaba quando pergunto se ela é da agencia e dizem que não... mas bola pra frente, vamos pra outra... Tb adiciono seu blog depois...

Larissa- Parabéns flor... tudo de bom pra vc.. daqui uns dias vc ja ta viajandooooo... q legal e tu ainda vai pra Los Angeles... alguém quer mais?
kk

Boa sorte pra nós meninas...

Deus obrigada por tudo!

Pois é...

Estou completamente sem contato com família nenhuma...
quer dizer...pra mim o GAP não conta... Quem me adiciona quer que eu vá sem agencia, até agora só conheci uma família com agência e ela é da Cultural Care, então não deu!
Fazer o que?

Estou esperando uma nova família entrar em contato...
Contando os dias, olho meu e-mail a cada 30 segundos(kkk) enfim...

Deus olha por mim e me manda uma família boa!


Beijos

7 de out de 2007

...

Sexta feira, recebi e-mail de uma outra família... não sei se por achar que ja tava quase dando certo com a de Washington mas eu não dei mta bola... Tb eram 3 filhos, mas a preciosidade da mulher era o cachorro... do cachorro ela disse até o nome no e-mail, dos filhos não... kkk
Enfim, as kids eram de 9 a 14 anos... Não conheço mta gente que vai pra cuidar de crianças dessa idade e pensei na hora que não fosse bom... Aí como eu tava trabalhando, eu pensei... respondo em casa...
Menos de 3horas depois, a mulher me liga...
Hi Fernanda...
Hi Fernanda... e eu, Yes, Fernanda speaking... e aí caiu a ligação (isso sempre acontece comigo)
mas foi o tempo de eu abrir minhas coisas do computador, dicas, frases prontas, essas coisas...
Aí ela ligou de novo e me perguntou se eu tinha visto o e-mail dela...
Eu disse que sim e ela queria me encher de perguntas... Bem, meu péssimo ingles e a vergonha das pessoas que trabalham comigo não me deixavam falar eu disse pra ela que estava trabalhando e se ela podia me ligar mais tarde, ela simplesmente disse bybye e delisgou...
Acho que ficou braba... aí eu mandei um e-mail pra ela imediatamente dizendo que normalmente eu não tenho problemas de falar no trabalho mas que aquele dia era sexta feira, e que tava mto barulho...
E quando eu cheguei em casa, mandei outro... com algumas perguntinhas e tal...

Enfim, ela sumiu!!! kkk

Ainda estou conversando com a família de Washington... no ultimo e-mail eles me disseram que meu curfew durante a semana é de 11h30, mas disseram que nos sábados a noite eles geralmente saem e que provavelmente eu cuidaria das meninas... po sábado a noite e com curfew durante a semana de 11h30??
Fiquei preocupada...
Mas ainda assim, gosto deles... eles me mandaram fotos das meninas e eu gostei!
Agora, seja o que Deus quiser... to esperando resposta do e-mail que enviei questionando isso do curfew...

Beijosssss

Fer

4 de out de 2007

Experiência boa???

Não, eu nunca vou mudar de idéia... a sensação que eu tive quando me vi em apuros por não ter conseguido falar quase nada e levado a conversa palavrinha por palavrinha em inglês foi traumática...MAS... foi o que eu disse, Deus está comigo e o que tiver que ser, vai ser!!
Depois que eu enviei o e-mail a família ontem, fiquei mais duas horas no pc esperando resposta e nada...
Acordei pensando nisso, liguei e nada...
Pensei comigo, agora fico o dia todo nessa angústia pq eles só entram em contato a noite...
E então que do nada, eu abri meu e-mail e a resposta estava lá...
Não sabia como agir, não sabia o que fazer primeiro... Imprimi o e-mail e fiquei sorrindo pra todos que me olhavam no trabalho... Devem ter me chamado de doida... Li com calma e sua primeira frase me tranqüilizou:
“hi Fernanda- it is ok. it is hard to speak another language especially on the telephone. i am attaching a letter about our family to answer your good questions”
Querida ele né? Ameiii
Aí ela conta um pouco da família, das atividades das crianças, uma joga futebol, outra faz ginástica, outra faz os dois... elas são cheias de atividades e elas tem aula de ensino religioso... Ela é psicóloga e o marido advogado... moram na região central de washington... Ela disse que SIM, que eu posso usar o carro deles pra sair a noite com meus amigos e que na vizinhança tem au pairs brasileiras...Ela não trabalha todos os dias, mas sim 3 dias na semana... Pra mim (por enquanto) não faz diferença... alguém tem algo a dizer?
Terminou dizendo que espera mais perguntas e disse que eles vão me mandando outras informações...
No anexo tinha a carta do dossiê da família...deu pra saber muitas coisas deles e o que eu terei que fazer exatamente...
Alguém já fechou com a primeira família que apareceu?
Eu ainda não fechei e nem sei se eles não estão falando com outra futura au pair ao mesmo tempo, mas já pensei que posso estar me precipitando, mas aí coloquei no papel o modo como eles me trataram, a rotina de trabalho (das 3 as 8) e ela já confiou em mim dizendo que eu poderia usar o carro... então, não vi motivo pra não fechar...

Minha agente me disse uma coisa e quero opiniões...
Ela nunca teve outra au pair, e sim uma nanny que trabalhou lá por 6 anos e era tratada como alguém da família...

O fato deles nunca terem tido uma au pair é bom ou ruim???

As meninas que já são ou serão au pairs tem me ajudado bastante... to adorando...Obrigada meninas!

Beijosssss

3 de out de 2007

Experiência

Relutei, relutei, até que acho que vou contar de uma vez... isso pode ajudar alguém um dia...
Hoje então recebi um e-mail de uma família de Washington com 3 meninas...
Mas com idade escolar... aí gostei!
Enfim, eles mandaram apenas esse e-mail e ja disseram que iam me ligar... hoje a noite.
Passei o dia pensando no que falar, formulei algumas perguntas pra fazer, deixei algumas prontas caso eles perguntassem, gravei tudo no meu mp4 e fiquei ouvindo a tarde inteira, em casa quando cheguei, cheguei a decorar mesmo...
Aí lá pelas 9, toca o telefone...
Tive 3 tipos de medo...
Alô...
Hi, Fernanda??
Yes, Fernanda speaking...
Clarooo que eu n vou colocar tudo em inglês, até pq eu n sei ... e minha amiga Pri n esta aqui pra me ajudar... huahuahauha!!!

Enfim, ela perguntou se tinha problema estar me ligando aquela hora, eu disse que não e tal...
Aí ela se apresentou e apresentou o marido dela... no viva voz ele me cumprimentou...
Ela falou do e-mail que me enviou e eles ja começaram a fazer perguntas...
Gente, eu tava tão nervosa, pq além da ligação ser bem mais estranha, eu tava falando outra língua, da qual eu não domino quase nada...
Aí ela pediu pra eu falar da minha família, falei só abobrinha... juro!
Aí o host perguntou algo sobre meu namorado... e eu disse sim, eu tenho namorado e tal...
Mas n sei o que ele me perguntou dele, se era o que ele estava achando, se apoiava, essas coisas e fiquei mudaaaaaaa no tel... Bateu o desespero... pensei, to frita...
Pedi pra eles repetirem... ele repete num tom mais calmo e mesmo assim, eu n entendi...
Aí foi pra acabar.. tive que ser sincera, falei que não entendia nada do que ele tava falando...
Aí ele voltou a falar algo e eu só ouvi "tu tu tu" (...)
Imaginem meu desespero... Pensei, putz, desligaram na minha cara, nunca mais vão ligar, meu inglês é péssimo, e tive um ataque ...
Aí toca o tel de novo... a host toda querida... I'm sorry Fernanda... aí disse algo como a ligação caiu...
Aí eles inverteram... perguntaram se eu tinha perguntas a fazer...
Aí sim...
Perguntei das crianças... como é o comportamento delas, se elas acordam felizes, se elas estudam? Aí ela só respondeu a ultima, disse que sim, que as 3 estudavam e na mesma escola...
Tudo pausadamente...
Assim: The girls study in the same school... Undestand??
tudo ela terminava com um understand??
kkk que micoooo!!!
Aí ela emendou dizendo que elas estudam das 9 as 3 e que eu começaria a trabalhar das 3 em diante... Pararia as 8.
Só que a monga aqui não perguntou do fim de semana...
Perguntei, que horas eu iria estudar... e ela disse de manhã...
Então, calculei umas 3 horas de manhã... depois do almoço livre até 3 e depois das 8 livre de novo...
É, nada mal...

Aí ela perguntou se eu dirigia. Eu respondi...
Depois eu falei pra ela que achava melhor que nós conversassemos por e-mail porque eu estava muito nervosa.
E ela concordou na hora, ok... vamos conversar então...
Tudo calminha, voz doce...
Antes de desligar eu disse que tinha colocado o nome do host no google e que achei a foto dele...
Ela disse Oh yes?? com uma voz de que legal... e emendou que ele era advogado...
Minha amiga Rê disse que eu não devia ter dito isso porque eles podem se sentir invadidos...
Mas agora já foi... :(
Perguntei se eles tinham outra au pair e ela disse que au pair não, mas que eles tiveram uma nanny por 6 anos e que ela só parou pq teve bebe. E que ela era como se fosse da família. =)
Aí eu pedi desculpas pela quinquagésima vez... e ela disse algo como Not Sorry... It's ok!
Tomara que esteja bem mesmo...

Aí mandei um e-mail agora pouco com minhas dúvidas sobre as crianças, colleges, carro, free time, essas coisas... Mas esqueci de perguntar de novo sobre meu fim de semana... monga parte II

Bom, eu ja tinha colocado nas mãos de Deus essa ligação... essa família, esse programa... Enfim
Estava aqui pensativa com meus botões e lembrei algumas situações que mesmo não sendo a melhor Ele me ajudou e comprovou o que é pra ser seu, vai ser... Ex:
Quando fui fazer minha entrevista pra Renault e não me saí mto bem no teste de inglês... Acertei metade... e fui chamada... No emprego já eu achei as entrevistas das outras meninas e vi que as duas haviam acertado mais do que eu... e mesmo assim a vaga foi minha. Era pra ser!
Outra vez foi quando eu fui fazer o teste do Detran... veio a senhora mais bacana do mundo e eu fiz algumas cácas de tão nervosa: Avancei na preferencial, não dei seta pra virar e deixei o carro morrer ao estacionar... Resultado: Ela disse que sabia que eu estava nervosa, mas que sabia que eu sabia...
Imaginem? Quem me fez passar no teste? Ele...

Enfim, se for pra ser minha essa família, vai ser...Se for pra ser outra melhor, vai ser... E assim vou indo... claro que to ansiosa, mas tentarei não ficar.

Um beijo pra quem passa aqui!

Fer

2 de out de 2007

Ufa

Eu sei que não ta nada certo... nadica de nada, mas hoje recebi um e-mail dizendo que uma família se interessou por mim... \o/ Uma semana on line..
Eles n mandaram e-mail nem nada, mas ja fiquei feliz como se tivessem mandado... pq agora eu sei que to mesmo online e que a qualquer momento posso receber mais como esses...

Sei lá se devia, mas
TO FELIZ.

Beijosss

Fer

Ah, obrigada pra quem comenta...

1 de out de 2007

When you're gone

Amooo =)

I always needed time on my own
I never thought I'd need you there when I cried
And the days feel like years when I'm alone
And the bed where you lieIs made up on your side

When you walk away
I count the steps that you take
Do you see how much I need you right now?

When you're gone
The pieces of my heart are missing you
When you're goneThe face I came to know is missing too
When you're gone
The words I need to hear to always get me through the day
And make it okay

I miss you

Avril Lavigne
When you're gone

http://www.youtube.com/watch?v=otMB3WVQNVg

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...