29 de mai de 2009

Visto pra mae de Au Pair...

Oi gentem...
minha mae reclama todo dia que eu nao posto mais...
mas eh que pra falar a verdade, tenho trabalhado tanto (tanto a mais) se eh que me entendem rs, que fica dificil.
Meu olho ta fechando, to bem exausta. Mas faz parte e dinheiro no bolso eh igual chocolate, quanto mais melhor. Pelo menos eu gosto hahaha...

Pois bem, hoje vou contar do visto da minha mae... Sim, minha querida veinha (hahah ela vai me matar aqui, pq de veia ela nao tem nada) coonseguiu o visto pra ela e pro meu irmao.

Eh um sonho neh, ainda nao compramos passagem pra ela vir pra ca, nem nada, mas estamos trabalhando nisso e se Deus quiser e continuar ajudando como tem feito ate agora, nas minhas ferias ela estara aqui. O destino? Varios... mas por enquanto: Surpresaaaaaaaaaa

POis entao, tudo comecou pra ela com o passaporte. Tira fotos, mesma coisa que pra gente. Pagou as taxas, otimo. Depois agendamento do visto.
Pra nos que moramos em Curitiba, PR nao tem consulado, entao fica um pouco mais complicado.
POis bem, minha mae comprou passagem de onibus pra SP e se mandou. Meu irmao eh menor de 14 anos e menor de 14 anos nao precisa ir no consulado. A mae levou o passaporte dele.

Ela saiu de Ctba aproximadamente 11 horas da noite do dia anterior ao dia V. Viajou a noite inteira. Chegou la quase 5 da manha. Desceu na rodoviaria, tomou cafe, esperou clarear o dia e seguiu para o consulado. Nao pegou metro pra ir, pra quem nao mora em SP pode parecer confuso (o que eh kkk) e pra nao correr riscos eh taxi mesmo.
Nao sei se ja disse aqui, mas o bom mesmo eh pegar taxi fretado, daqueles q vc combina o valor antes. No caso da mae foi R$60,00.
Bom, minha mae trabalha na prefeitura de Ctba, em escola municipal, achavamos que so esse motivo (21 anos em orgao publico) ja seria suficiente para pegar o visto, mas que nada.
Nao somos ricas no Brasil, estamos beeeem longe disso, se minha mae vier eh com as economias de anos dela... e bota anos nisso neh mae?
E visto de turista so depende de grana. Mais nada. Se vc tem grana, vc vem.

Dentro do consulado, a primeira mulher checou os documentos dela. Ela fez as digitais e logo depois que saiu do guiche, chamaram-a pelo microfone pra voltar. Panico. As impressoes nao tinham dado certo e ela teve que fazer de novo.
Ela me contou que tremia demais. A perna dela tremia de monte e eu me lembro bem daquela sensacao. A sensacao do visto eh a pior possivel.
Ela queria ter sido chamada pela senhorinha do guiche em frente onde ela estava, pq essa ficava rindo pra ela, mas nao teve tanta sorte... foi chamada por um guiche bem longe e nem sabia quem tava la.

Pois bem, abaixo a entrevista dela:
C- Consul - M- Mae - Minhas observacoes estao entre parenteses ( )

C- Vai viajar pra onde?
M- Vou visitar minha filha que mora em Bethesda. (Bethesda onde? hahaah)
C- O que ela faz la?
M- Eh au pair.
Nesse tempo ela foi pegando a carta convite. (Eu fiz uma carta convite em nome da minha host family convidando ela e meu irmao pra virem passear aqui e conhece-los. Minha host assinou e mandei via correio)
C- Quanto tempo ela esta la?
M- Um ano e meio. (Nem faz, vai fazer 1 ano e 5 meses ainda)
C- Ela volta quando?
M- Em janeiro. (Volto?)
C- Me passe seu imposto de renda.
M- Nao tenho.
C- Pq nao?
M- Eu nao desconto do meu salario.
C- O que o seu marido faz?
M- Ele eh autonomo. (Agora ferrou, como ela me diz isso... kkkkkkkk ela devia dizer empresario. Tipo ele tem o proprio negocio, mas foi honesta.)
Ela disse que o consul ficava enrolando uns elastiquinhos, fazendo deles uma bola e ela nervosa ao extremo.
M- Eu estou indo so com minhas economias - e mostrou o extrato da poupanca -
C- Vai ficar onde?
M- Na casa dela.
C- Na casa da patroa dela vc quer dizer neh?
M - Sim, da patroa dela.
(Ele ja tinha visto os papeis da minha host, olhava sem parar os documentos da mae.)
C- Teu filho tem quantos anos?
M- 11 anos.
C- Ele estuda aonde?
M- ... - ela foi procurando os papeis pra mostrar -
C- A senhora nao sabe o nome da escola dele?
M- Sei sim, eh Expoente.
C- Eh particular ou publica?
M- Eh particular.
C- Paga quanto de mensalidade?
M- Com 50% de desconto, R$ 350,00 mensais.
SILENCIO.
M- Eu nao pago, eh meu marido que paga. Eu nao tenho despesas. (Aham, ta bom)
C- Voce ja viajou pra fora?
M- Nao.
C- Teus pais moram onde? (WTF?)
M- Meu pai eh falecido e minha mae mora na mesma cidade.
C- Tem irmaos?
M- Bastante. (como eh? rsrs)
C- Tem sobrinhos?
M- Bastante. (Deu pra perceber que ela ja nao estava mais aguentando a pressao?)
Nessa hora, ela pensou.. Deus me ajude, pq eu nao volto mais aqui. (Custa caro e eh trabalhoso.)
C- Seu visto foi aprovado.
M- -em pensamento- Nao perguntou nada de mim, que odio -

Ai ele destacou as duas fichinhas vermelhas pra pagar o sedex. Ela diz que nao sabia onde ir, o que fazer, ficou ali feito barata tonta ate perguntar pro guarda onde ir.

Na volta voltou pra rodoviaria de metro e pegou onibus e chegou em casa as 8da noite. Aventura de mamae. hehehe

POis e eu? Nem preciso dizer que quase surtei desde a noite que ela tava viajando... meus pensamentos estavam com ela, no que ela tava fazendo, onde ela tava indo... penso em tudo, coisas boas, pensamentos ruins aparecem.. eh horrivel. Fico pensando nas vezes que a gente fala aqui pros nossos pais... ah vamos viajar esse fds.. pegamos aviao, trem, carro, navio o que for e nem sabemos como eles se sentem do outro lado do pais.
Eu so sosseguei quando liguei pra ela e conversamos.
Ela nao estava mto animada, parecia que a ficha nao tinha caido, mas tb, nao foi um visto facil como o meu.. que so cheguei la, 4 perguntinhas tava aprovado. Foi um visto demorado, dificil de ser conseguido. Mas gracas a Deus novamente, tudoooo deu certo.

Se tiverem alguma duvida perguntem...
Agora eh so trabalhar mto, fazer MTOO dinheiro pra curtir quando eles estiverem aqui, se Deus quiser isso tambem.
E que venha as tao sonhadas FERIAS.

beijosbomfinaldesemana.
desculpaademoraprapostar.

Fer

13 de mai de 2009

Ultimos acontecimentos

Oi gentem... ca estou eu pra escrever mais um pouquinho da rotina...
nao sei o quanto vou escrever mas vou falar da 6 passada... que foi O dia...

Era dia das maes na escolhinha do Kobi e todas as maes tinham que estar presentes, so que minha host tava super triste pq tinha que ir em um funeral em Baltimore bem no horario do almoco com as maes... ou seja, ela foi pra escolinha de manha, ficou la um pouco pro Kobi nao ficar triste e eu fui la as 11h.

Imaginem, so eu de nanny e todas as maes... gente como ser mae eh diferente neh... deve ser haha, pq as maes daqui sao tao bobas, tao protetoras, tao cheia de medo de germes, da crianca cair, as vezes isso me irrita... elas sao tudo no exagerado. Imagine uma mae protetora no Brasil, multiplique por 50... Ai to la, ate que depois me acostumei com os olhares e entrei no clima, e o Kobi me beijando e dizia ate Feliz dia das maes pra mim... mas ele falava, a Fernanda ta aqui,a minha mae nao pode vir... ele eh um amor (apesar que hoje ele me tirou do serio 3x) kkkkk


Ai ta, como sempre, sexta eh o dia que trabalho menos, foi tudo otimo... a noite fui pra uma despedida de uma amiga nossa num bar bacana chamado Josephines, era estilo indiano... supimpa.

Mas o que vim aqui mesmo contar eh do meu caso com a policia... meu e da Rafa...

Gente, estou eu dirigindo em DC com quase nada de gasolina, morrendo de medo do carro parar do nada. Primeiro a duvida era, onde eh o lugar, depois eh onde estacionar... quem conhece DC sabe como eh um saco dirigir na cidade e tem policia por todos os lados.. vc olha pro lado direito tem policia, pro esquerdo mais policia... se fizer uma barbeirada no transito ja eh de ficar preocupada... eu odeio dirigir la... tenho medo, me estresso cada vez.

Ai enfim, to eu e a Rafa no carro, olhando GPS, cuidando, parei no sinal... eu ia dobrar na direita... de repente, olho na pista que eu ia dobrar e um carro de policia vindo... pensei: - Ue, se o carro de policia ta ali, eu nao posso virar ali, deve ser contramao...-

mal terminei de pensar, esse carro entra com tudo na rua que to, na minha frente e uma mulher baixinha sai do carro gritando... PARA, PARA, PARA... MAO NA CABECA... pensei me **&^^&^$&&*... demorou uns 2 segundos pra eu entender que nao era comigo, e que sim com um cidadao caminhando na faixa de pedrestres, bem em frente ao meu carro....


Medo 1: To bebada? Eu sei que nao bebo a ponto de dirigir, mas no meu desespero de pensar se tava tudo certo, isso me passou pela cabeca...
Medo 2: To com carteira de dirigir? to certinha???
Medo 3: do cara nao parar e por as maos na cabeca como lhe fora mandado e atirar contra os policiais, que iam atirar contra ele e consequentemente ME acertar (se nao fossem bons haha)
Medo 4: Eh policia mesmo? pq nao estao usando uniforme... devem ser uma gang...
Medo 5: "Rafa, se abaixa, se abaixa"... hahaha e comecei a me abaixar atras do volante...


Agora eu dou risada, na hora fiquei nervosa...

Meu, a policial era ninja, pq ela teve que dirigir, parar o carro, abrir a porta e ja sair com a arma na mao em questao de segundos pro cara nao correr... ela tava acompanhada e tinha tb uma mulher caminhando na rua que tb era policial (claro que nao usavam uniforme) em questao de mais 30 segundos ja chegou dois policiais de moto... e eu e a Rafa ali, assistindo de camarote...

Pensei, se tivesse em qqer outro lugar do mundo podia ter sido perigoso, mas nao em DC... ja pensou se minha janela ta aberta e ele me pega pra refem? hauhauhauah

O cara nem abriu a boca, nem questionou pq tava sendo preso ou nada.. nao falou um A. Enquanto isso eu nao conseguia nem dar re, nem ir pra frente, fiquei ali, assistindo tudo... ate que elas ergueram a calca dele, e na perna tinha drogas colados com fita adesiva... uma coisa.
OU seja, ele pode ter vendido droga pra essa mulher que tava caminhando na rua, e ela era policial q ja ligou pras outras, ou elas podem ter visto ele vendendo pra outra pessoa e assim funciona o combate ao trafico aqui na gringa.

O engracado que depois disso, ainda nao tinhamos achado o lugar, ou seja, passamos de novo pela policia, e depois de estacionarmos, nao achavamos o lugar a pe, tivemos que passar mais duas vezes do lado do cara, das policiais... hahah, pensei... melhor parar de passar aqui antes que eles pensem que temos algo a ver com isso... kkkk
Nos depois do susto:





Beijossss

2 de mai de 2009

FELIZ ANIVERSARIO LUCAS...

Hoje, 03 de maio, so quero expressar meu amor e meus sinceros votos de felicidades pro menininho (11 anos ja ) mais importante da minha vida!

Nao tem crianca que se compare a ele, e nao eh pq eh meu irmao nao, mas ele eh uma bencao de Deus nas nossas vidas.

Ele nao eh meu unico irmao, tenho uma (duas*) irmas mas eh com ele que eu morava, entao o vi crescendo um pouquinho todo dia, cuidei, dei papinha, troquei a fralda sujinha, ajudei a dar banho, briguei, brinquei...

Hoje sinto que como au pair, como baba, eu nao brinquei o suficiente com ele. No Brasil eh diferente, a gente quase nao para pra brincar com as criancas, a menos que sejam bebes, do jeito que brincamos aqui e me sinto culpada por isso... ainda mais que ele ta crescendo. Nao queria que ele crescesse.. queria ter tido a oportunidade de brincar com ele do mesmo jeito que TENHO que brincar com os meus aqui.


Morro de saudade...

Feliz aniversario Lucas... nos veremos muito em breve se Deus quiser. TE AMO MUITO!!!!!!


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...