25 de mai de 2011

Custo para ser Au Pair nos EUA

Nao, nao sou mais au pair, ja me formei nessa faculdade. rs
mas minha mae achou umas materias bacanas esses dias na internet e me mandou, resolvi copiar aqui pra voces:


Investimento para ser babá nos EUA custa R$ 3.000


Apesar do baixo custo do programa cobrado pelas agências, ser au pair nos Estados Unidos tem outros gastos. As garotas pagam por volta de R$ 1.500 mais os valores relativos à documentação, que vão desde cópias autenticadas até a taxa do passaporte. Só para tirar o visto, a candidata a au pair desembolsa entre R$ 400 e R$ 600.
Mesmo assim o investimento não é alto, quando comparado com outros programas de intercâmbio. Aqueles que incluem casa de família e em que o jovem vai apenas para estudar acabam saindo por pelo menos R$ 5.277 (US$ 3.000).
A taxa paga pelas garotas à agência de au pair inclui a passagem de avião até os Estados Unidos, além de alguns dias de treinamento (normalmente em Nova York) com hospedagem e refeições inclusas, bolsa de estudos de até R$ 879 (US$ 500) e seguro-saúde, além de orientação antes e durante a estadia no país.
O visto dá direito a permanência de mais um mês após o término do programa para que a jovem possa viajar pelos EUA. Além desse tempo livre, as trabalhadoras têm direito a pelo menos um dia de folga por semana, um final de semana livre por mês e duas semanas de férias remuneradas. O tempo como au pair no país pode ser prorrogado por até mais um ano, caso a garota continue no intercâmbio.
Mais famílias que contratam estrangeiras
A busca por esse tipo de serviço foi alta no primeiro semestre de 2010. Os agentes de viagem contam que a recuperação da economia americana ajudou a impulsionar as vendas dos pacotes. Emília Miguel, gerente comercial da Experimento, espera um aumento de 15% no volume até o final do ano.

- No último ano, o número de au pairs embarcadas se estabilizou devido ao momento difícil por que a economia dos EUA está passando. As famílias pagam um valor considerável para receber as au pairs além de ser um compromisso [com as jovens] de, no mínimo, um ano.
Frederico Morais, gerente da STB (Student Travel Bureau), diz que a demanda por essas profissionais aumenta na época do verão americano, quando é inverno no Brasil. Segundo ele, as crianças estão de férias e precisam de mais atenção e cuidados.
- O mercado está aquecido em relação a 2009. A crise americana de 2008 impactou a oferta no número de famílias. A partir do último trimestre de 2009 já percebemos uma retomada que vem se consolidado em 2010.

Fonte: R7

Tem mais materias aqui: 


Beijossssss

Um comentário:

Magna Braga disse...

Muito legal! Pena que não me encaixo na idade máxima...rsrs, bjos!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...